Arquivo para categoria tipos de sax

Sax Tenor

Sax Tenor

O sax é um instrumento de sopro bastante conhecido no Brasil. Ele foi inventado em 1840 por Adolphe Sax, um fabricante belga de instrumentos.


O sax tenor é um dos modelos de sax mais populares do cenário musical. É, junto com o sax alto, o tipo de sax indicado para iniciantes.

Tanto o sax tenor como os outros modelos, tem algumas peças e tamanhos específicos. É isso que diferencia cada modelo de sax.

O sax tenor, assim como o sax alto, é indicado para os iniciantes por serem um modelo mais simples, e popular do sax. Assim, é um dos mais procurados pelos interessados em instrumento musicais, e nesse caso instrumento de sopro.


É um instrumento utilizado em quase todos os estilos musicais. Esse é um dos diferenciais do sax: ele se encaixa em qualquer estilo musical. Sua riqueza sonora irá complementar qualquer composição musical.

Entre as especificações de um sax tenor encontraremos:

- Um registro médio estendendo-se do Lá bembol 1 ao Mi 4;

- Está afinado em Si bemol, ou seja, seu Dó representa, no piano, um Si bemol;

- É um instrumento de sopro com palheta simples.


Uma curiosidade do sax, e isso se aplica ao sax tenor, é que eles são instrumentos transpositores, ou seja, a nota escrita não será a mesma ouvida, o som real ou som de efeito. Uma nota em um piano não será a mesma em um sax, tudo depende de sua tonalidade.

O sax tenor, assim como qualquer outro modelo de sax, deve ser muito bem cuidado. A manutenção e a limpeza do sax devem ser feitas de modo cuidadoso, assim como o seu transporte. O lugar para se guardar o sax tenor deve ser um lugar seco e não muito quente.

O sax tenor deve ser escolhido da melhor forma pelo seu comprador. Procure boas marcas, para que o aproveitamento do sax seja pleno.

Deixe um comentário

Sax Soprano

Sax Soprano

O sax é um instrumento de sopro bastante conhecido no Brasil. Ele foi inventado em 1840 por Adolphe Sax, um fabricante belga de instrumentos.


O sax soprano é um dos modelos de sax mais populares do cenário musical.

Tanto o sax soprano como os outros modelos de sax, cada um tem algumas peças e tamanhos específicos. É isso que diferencia cada modelo de sax.

O modelodo sax soprano é um pouco diferente do que se pensa geralmente de um sax. Ele tem uma forma bastante parecida com a forma de uma flauta.

Essas são algumas das especificações de um sax soprano:

- Boquilhas e palhetas específicas;

- Um tubo principal;

- Cortiça;


- Chave do pequeno dedo

- Chave em sistema de placas;

- Chaves das notas agudas

- Anel para o suporte ao pescoço;

- Descanso para o polegar;

- Braçadeira e campânula.

As palhetas e as boquilhas são as peças que mais mudam, dependendo do modelo de sax. Por isso, fique atento as palhetas e boquilhas de cada sax, para que não haja enganos na hora de comprá-las.

Essas especificações podem aparecer nos outros modelos de sax. Cada modelo de sax apresenta essas peças, mas em diferentes tamanhos.


Os cuidados a serem tomados com o sax soprano são os mesmos a serem tomados com qualquer modelo de sax.

A manutenção e a limpeza do sax soprano devem ser feitas cuidadosamente, para evitar danos ao instrumento musical, nesse caso, de sopro.

A troca de algumas peças do sax soprano pode ser necessária depois de algum tempo de uso. A manutenção e a limpeza de cada parte do sax, garantem a vida longa do instrumento, porém a limpeza das peças deve ser feita de modo bastante cuidadoso.

Para comprar um bom sax soprano, faça uma pesquisa entre as marcas especializadas em instrumentos musicais. E escolha o melhor sax para seu aproveitamento musical.

Deixe um comentário

Sax Barítono

Sax Barítono


O sax é um instrumento de sopro bastante conhecido no Brasil. Ele foi inventado em 1840 por Adolphe Sax, um fabricante belga de instrumentos.

O sax barítono é um dos modelos de sax mais populares do cenário musical.

Tanto o sax barítono como os outros modelos de sax, cada um tem algumas peças e tamanhos específicos. É isso que diferencia cada modelo de sax.

O sax barítono, junto com o sax alto, o soprano e o sax tenor são os modelos mais populares e comuns de sax no mercado musical atual. Apesar da lista de modelos de sax ser um pouco extensa, muitos modelos caíram no desuso, e esses quatros sobrevivem no cenário musical.


O sax barítono possui algumas especificações:

- Afinação em Mib;

- Apoio de polegar regulável;

- Porta lira;

- Chave do Lá grave;

- Curva superior destacável;

- Acabamento laqueado ou niquelado.

Assim como qualquer outro modelo de sax, algumas peças devem ser bem escolhidas por terem tipos e tamanhos específicos para cada modelo de sax. Um exemplo disso, é que as palhetas e boquilhas de um sax barítono são diferentes das de um sax tenor.


Esse modelo é parecido com os modelos de sax tenor e alto, é aquele modelo clássico quando se pensa em sax. O modelo de sax soprano é inconfundível em relação ao modelo do sax soprano, que tem a forma parecida com uma flauta.

Os cuidados com o sax devem ser os mais cautelosos possíveis. A limpeza deve ser feita de maneira que não o prejudique, tanto visualmente quanto musicalmente.

A manutenção do sax barítono deve ser feita sempre que necessário. A troca de algumas peças pode ser necessária após algum tempo de uso do instrumento.

É importante que o sax seja bem guardado, em lugar propício. Assim, a qualidade musical do sax barítono não será prejudicada.

O melhor para a compra de um sax barítono é fazer uma boa pesquisa do instrumento nas diversas marcas especializadas em instrumentos musicais. É importante escolher o melhor sax, para melhor aproveitamento musical.

Deixe um comentário

Sax Alto

Sax Alto


O sax é um instrumento de sopro bastante conhecido no Brasil. Ele foi inventado em 1840 por Adolphe Sax, um fabricante belga de instrumentos.


É um dos modelos de sax mais populares atualmente no cenário musical. Sax alto é, junto com o sax tenor, o tipo de sax indicado para iniciantes.

O sax alto é o terceiro menor na família do sax. É o tamanho mais comum de sax e também é o sax incluído em composições clássicas.

O sax alto possui um som vibrante e trabalha em uma região relativamente aguda.

Tanto o sax alto como os outros modelos de sax, cada um tem algumas peças e tamanhos específicos. É isso que diferencia cada modelo de sax.


Essas são algumas das especificações de um sax alto:

-Chave de fá# agudo;

- Parafusos de aço inoxidável;

-Apoio do polegar;

-Sapatilhas com ressonadores metálicos;

- Juntas de cortiça natural no todel;

-Campana removível com braçadeira;

-Barra de reforço nas chaves de Dó e Sib grave;

- Botão de digitação em madrepérola;

-Chaves com regulagem de abertura;

-Dimensão Sib grave para Fá# agudo;

-Apoio de polegar;

- Porta lira.


Muitas dessas especificações também aparecem em outros modelos de sax. Porém o sax alto terá boquilhas e palhetas específicas. O sax pode ter um acabamento niquelado ou laqueado de diversos tipos.

O sax alto deve ter cuidados como todos os outros tipos de sax. A manutenção e a limpeza desse instrumento devem ser cautelosamente.

A troca de algumas peças deve ser estudada com o tempo. Alguns acessórios que vêm junto com o sax alto também devem ser adequados ao instrumentista.

Quando for comprar um sax alto, faça uma boa pesquisa de preços e de marcas. Algumas marcas são bastante conhecidas na área de instrumentos musicais, por isso, não escolha qualquer sax para começar o aprendizado. Escolha o melhor modelo para aproveitamento pessoal e musical.

Deixe um comentário

Tipos de Sax

Tipos de Sax


O sax é um instrumento de sopro bastante conhecido no Brasil. Ele foi inventado em 1840 por Adolphe Sax, um fabricante de instrumentos.

Embora seja feito de metal, o sax pertence à família das madeiras, pois seu som é emitido a partir da vibração de uma palheta de madeira que fica fixada à boquilha.Por ter um som único, com propriedades tanto dos instrumentos de madeira, quanto dos de metal, o sax logo foi adotado por muitos músicos.

O sax pode ser de vários tipos:

- Sax Alto ou Contra-alto;

- Sax Tenor

- Sax Baritono;

- Sax Soprano;

Há ainda, alguns modelos de sax mais raros, como o chamado sax contrabaixo e o sax mezzo-soprano.


Os saxes mais comuns são o soprano, o alto e o tenor. É muito difícil para o iniciante escolher qual sax deseja tocar. Nesse caso, recomenda-se iniciar os estudos com um alto ou tenor, já que são os mais baratos e os mais fáceis de se encontrar no mercado de instrumentos musicais. Com o tempo, quando já estiver mais familiarizado, o novo músico poderá optar por aquele de sua preferência. Mas é muito comum a um músico tocar mais de um tipo de sax já que todos apresentam um mecanismo padrão. Todo sax apresenta a boquilha e uma palheta, que são as duas peças básicas de um sax. Além disso, o iniciante deve buscar um sax que corresponda com as suas destrezas e necessidades para que possa praticar com entusiasmo e, assim, optar por outros tipos conforme o seu grau de aprimoramento.

Para que seja durável e com as condições de funcionamento adequadas, todo e qualquer sax necessita de manutenção e limpeza adequadas.

Concluindo, os vários tipos de sax devem ser bem estudados por seus instrumentistas. A escolha de um bom sax, ideal para seu aproveitamento, levará o iniciante a ir adquirindo mais prática e aprimoramento nos outros tipos de sax.

Deixe um comentário

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.